17 de set de 2008

várias palavras "entre"cortadas

desnudas

no silêncio de palavras tantas...

se usam

sinais sem palavras

Um comentário:

Danilo disse...

Quanta saudade!!!

mato na poesia.

beijos poéticos!!!