20 de jan de 2009

Permanecer



















Tira-me para dançar
Não importa o quão tarde pareça
Vens adentrando o cerne do meu peito
Colocaste-me na chaga do teu coração
Quão aparente e limitada é minha dor
Se comparada com tua chaga de amor!
Eu retorno para teus braços
Para permanecer nesta dança
que me tens preparado...
Meu Doce e Amado Jesus!

Nenhum comentário: